Perto do coracao

Neste ultimo fim de semana pude experimentar uma sensação extremamente agradável que de uma certa maneira me conduziu a um passado nao tão distante, mas povoado de memórias tão ricas, delicadas como filigranas.
Na festa de casamento da filha de uma querida amiga, pude reencontrar grandes amigos, que o tempo apenas levou fisicamente para longe, mas que continuaram vivos dentro de mim.
Ainda guardo na memória a alegria do reencontro , que vi estampada no rosto de cada um. E como bem disse Milton nascimento : amigo é coisa pra se guardar, do lado esquerdo do peito, perto do coração.Pois é, durante muitos anos, ali, ficaram eles, como que adormecidos, esperando apenas o toque para despertar e movimentar-se -tal qual, a bailarina da caixinha de musica. Tudo , suave, guardado em ,um passado que nao é preciso decifrar. Posso afirmar que foi otimo e se novamente fosse ,seria. Passado com sabor de algodão doce e cores de papel crepom
sai deste encontro com a alma leve e a sensação de que cada momento tem a sua importancia. Aquele momento
me encheu de frescor , naquela noite levei para casa com o cuidado de quem carrega um cristal. aquele encontro aqueceu o meu coracao. lembrei da importância de cada momento com a constatação que a vida comigo sempre foi generosa no ontem, no hoje e espero, no amanha.
Cheguei em casa, fui dormir e sonhei com estrelas.
e

Anúncios

7 opiniões sobre “Perto do coracao

  1. Amiga querida, que bom que o casamento de sábado proporcionou esses bons e renovados encontros com as pessoas da sua história. Isso só mostra que quando as pessoas são importantes em nossa vida não precisam estar proximas fisicamente, pois elas têm um lugar cativo no coração. E vc mora em muitos corações presentes na emoção daquela noite. Beijo carinhoso!

    • Amiga querida, de uma certa maneira você foi responsável pelo encontro, ja que aconteceu no lindo casamento da sua filha.
      Gostei do seu comentário sensível. Saiba que você tambem esta agrupada na memória e tambem no delicioso presente.

  2. Naquela festa celebramos o AMOR. E nela, nosso reentro foi um momento de reatar os laços e reeditar a alegria de guardar no lado esquerdo do peito quem deixa marcas em nossas vidas. Teremos muitos outros encontros, Vânia. Abraços.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s