Carrossel

Criei este blog, com o objetivo de expurgar as minhas dores, os meus questionamentos que surgiram no primeiro momento pós AVC.e aqui estou eu escrevendo variações sobre o mesmo tema. Preciso afirmar qque enxergo o mundo alem das minhas paredes, sei que nao sou proprietária de uma dor que ate ja se diluiu.
E a boa noticia é que ao longo do tempo foram saindo sentimentos relativos ao meu cotidiano que para minha surpresa,abriu-se num leque de possibilidades. Com isso, reafirmo para os que estão na escuridão que existe a luz, e por mais que pareça inatingível, ela um dia chegará.
Contudo, no momentos,sinto a necessidade de falar não das minhas carências, mas sobretudo das dores que se agigantam ao me redor.De repente sao tantas, que parecem uma avalanche, o que me da a sensação de que estou em um carrossel, observando as cenas ao redor.
é flagrante a dor presente na vida que é dura demais para grande parte das pessoas. Tenho me defrontado com pessoas próximas, que estão vivendo momentos dilacerantes. , fico paralisada, envolta no desejo de poder ajudar. Se me fosse permitido o toque de um condão , eu me sentiria plena.
No momento me resta desejar que essas pessoas nao percam a capacidade de “esperançar”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s