Exemplo

Fui telelespectadora assídua das paralimpiadas, um belo espetáculo de forca garra ,determinação, resilienciae coragem . um grande exemplo para o mundo.Uma pena que algumas TVs comerciais não tenham apostado na transmissao do evento e portanto, grande parte dos brasileiros que só podem ter TV aberta, tenha perdido de ver essa maravilha.
Me considero privilegiada por poder ter a disposição, canais fechados que me possibilitaram ver o que muitos paraatletas foram capazes de fazer superação Uma lição para o mundo, pessoas com deficiências severas, que nao se acovardaram e foram à luta. Uma bela lição para pessoas ditas normais, que se queixam das dificuldades da vida, sejam elas, materiais, psicológicas. Seria bom parar e aproveitar para fazer uma reflexão com essas pessoas que decidiram ultrapassar os seus limites e buscam outras formas para se adequar ao mundo. Bela lição. Minha homenagem a esses heróis.
Eu que estou ainda me recuperando de AVC, me questiono,, porque ainda sou tão dependente? Vi pessoas sem braços e sem pernas, na sua luta. Vi cegos em sua batalha. A vida é dura, mas ninguém ali inspirou dos presentes a sensação de pena. Nada de ” nhem nhem “. Somos todos iguais e dentro do peito bate um coração com um forte desejo de chegar em algum lugar.

Anúncios

Uma opinião sobre “Exemplo

  1. Boa noite Vania, É , um prazer conversar com vc e, lê um pouco da sua experiencia, da sua luta diaria que eu conheço bem, sou Conceição (54 anos), sequelada pós AVC isquemico com hemiparesia a esquerda, fui cadeirante, promovida a andador e agora tenho como companhia a minha companheira ¨muleta¨ou melhor: moleza, que nao reclama, calada, sempre disposta a ir aonde eu for. Sou Assistente social, servidora,ora aposentada por invalidez, do INSS, á epoca em que sofri o AVC(2004), estava colando grau no curso de Direito, cheia de sonhos e projetos mas, a minha vida nao seguiu do jeito que eu, na minha ¨soberba ignorancia¨queria. Sofri para aceitar a minha nova condiçao, começar tudo de novo, reaprender a caminhar mas, aos poucos fui deixando me ajudarem, a minha familia maravilhosa, que nao desistiu de mim, fui procurando , aprendendo a tirar o lado o¨bom¨da minha nova condiçao, enfim ….. nós estamos sempre nos reinventando, procuro ser independente, volte a dirigir, a nao ter vergonha da minha nova condição e, principalmente a deixar de egoismo e perceber que eu, nao era a unica a passar, a estar nesta condição, existiam pessoas em situações piores que a nossa.. Nao é facil eu sei, a pergunta: PORQUE EU, me acompanhou anos de pura revolta, hj eu estou de boa, nao me excluo, consigo tirar de letra as minhas neuroses e procuro sempre ser uma boa companhia na presenca dos amigos , familiares… etc. Procurei nao ficar depressiva e nem amarga. E, assim vou ou vamos vivendo…… Sinto falta dessa troca de experiencia….. AONDE ESTÃO OS AVC^S SEQUELADOS……. ???????????????????????????????

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s