Voltar á TV mais um obstáculo vencido

No inicio ,tudo parecia trevas,,lembro-me bem, de quando, pós AVC e temporada no hospital, cheguei em casa, na cadeira de rodas, com o lado esquerdo paralisado, muita fragilidade muscular e uma perpexlicidade incomensurável. Não acreditava-ou não queria acreditar- em tudo que havia acontecido comigo , e fui tomada por um grande receio, de que o pesadelo fosse para sempre. Me senti impotente diante de tudo e de todos.
Pois bem, o tempo passou lento e eu fui me apoderando das minhas armas: ffé, forca, perseverança e determinação .
com a forca dos meus filhos e amigos, percorri o meu caminho,e hoje,me reporto ao inicio de tudo, para falar melhor do meu caminhar. Me julgo agora, praticamente na linha de chegada: uma das grandes conquistas foi voltar à televisão, fazendo o que sempre gostei de fazer, praticando o meu oficio.me sinto curada, uma pessoa como todas as outras, apenas, com alguma dificuldade,motora, que se Deus quiser, vencerei em breve.
Agora, trabalhando com o que gosto, me sinto capacitada e inserida no contexto social. Estou de bem com a vida. A minha volta à televisão, foi permeada de emoção, alegrias. Matéria em jornal, comentários em blogs. Se sentir amada, reconhecida pelo trabalho, realizado ao longo dos anos, alimenta o meu espirito e me enche de forca para seguir em frente.me sinto capaz, é possivel ir além.
Tracei uns objetivos e com paciência estou conseguindo : preciso fazer as minhas atividades rotineiras de reabilitação, embora as vezes tenha um pouco de preguiça, mas ao pensar nos benefícios, mando a preguiça embora. A fisioterapia, o pilates, estão me deixando mais confiante e mais capacitada.
Alguns medos estou deixando para trás, agora , entre as novas metas, esta voltar a dirigir.a vida esta tão agitada que preciso conciliar a agenda, entre trabalho, encontro para um café com amigas, fisioterapia, pilates, treinos em casa, leituras diárias. Essa é a minha , vida, meio freada, porque antes era bem agitada, com as minhas deliciosas caminhadas na praia e no parque das dunas.
Alem do corre corre de profissional e dona de casa. Agora tudo começa a se ajustar, agregado a experiência de quem passou pelo que eu passei.
Paciência, paciência… Grande aprendizado

Ofereço esse post, as pessoas que logo apos o AVC, acham que ficarão prisioneira das trevas. O arco íris existe, é preciso acreditar e nao desistir.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s